Secretários discutem na segunda-feira a estratégia de volta segura às aulas

Gestores das áreas da saúde e da educação de Mato Grosso do Sul se reúnem na segunda-feira (31) para debater a volta às aulas nas redes pública e privada em meio à nova onda da pandemia de covid-19 e a epidemia de gripe (Influenza “A” H3N2). Em Campo Grande, os alunos da rede municipal devem retornar em 14 de fevereiro.

Participarão do encontro, que será realizado por meio de videoconferência, o secretários de Estado Geraldo Resende (Saúde) e Maria Cecília Amêndola da Motta (Educação); secretários municipais de Saúde e de Educação e representantes do Cosems/MS (Conselho Estadual de Secretários Municipais de Saúde de MS) e da Undime (União Nacional dos Dirigentes Municipais de Educação).

O assessor militar da SES (Secretaria de Estado de Saúde), coronel bombeiro Marcelo Fraiha, disse ao Campo Grande News que os gestores devem debater ainda uma estratégia de vacinação infantil, a exemplo da campanha com os adolescentes realizada no ano passado na Rede Estadual de Ensino.
“Serão discutidas estratégias para um retorno seguro, assim como meios de incentivo à vacinação. Tivemos sucesso na campanha com os adolescentes e podemos repetir com as crianças. Isso, claro, com consentimento dos pais, como vem sendo feito”, pontuou.
A prefeitura da Capital já descartou a possibilidade de voltar ao sistema remoto na Reme (Rede Municipal de Ensino). A SED (Secretaria de Estado de Educação) reiterou à reportagem que a volta presencial também está mantida, respeitando os protocolos de biossegurança.
– CREDITO: CAMPO GRANDE NEWS