Polícia detém tios e resgata crianças da fome e surras em Campo Grande

Três crianças, de 3, 4 e 7 anos, foram resgatadas, nesta sexta-feira (1º), da casa dos tios, no Parque dos Laranjais, em campo grande. Segundo a polícia, os pequenos apanhavam dos adultos e ainda passavam fome.

A ação foi da Delegacia de Proteção à Criança e ao Adolescente, a partir da denúncia da avó das vítimas. A mulher relatou que as vítimas foram retiradas dos pais, justamente por sofrerem maus-tratos, situação que continuou com os tios.

A denúncia dá conta que as crianças moravam com o casal em uma área rural e, recentemente, vieram morar na Capital. Foi aí que as situações de violência foram percebidas pela avó.

Vítimas

Segundo o delegado Gustavo Henrique Barros, as crianças tinham marcas de surra e viviam em situação de pobreza. As três vítimas passaram por depoimento especial, conduzido por especialistas, mas duas delas não conseguiram expor os casos de violência.

Um boletim de ocorrência de maus-tratos contra os tios foi registrado na DEPCA e todas passaram por exames de corpo de delito. Por não ter sido flagrante, os dois suspeitos não foram presos.

O conselho tutelar foi acionado e vai definir quem vai abrigar as vítimas. A polícia diz que se forem comprovadas as agressões, pode haver um mandado de prisão contra os suspeitos.

Mais denúncia

Uma tia, que não tem envolvimento no caso, contou que um irmão gêmeo de uma dessas crianças, morreu quando tinha seis meses de idade. O motivo seria também maus-tratos cometidos pelos pais biológicos. No entanto, a polícia ainda apura essa denúncia.

 

 

(*) Top midia news