POLÍCIA CIVIL, COM APOIO DA POLÍCIA MILITAR, PRENDE SUSPEITO DE INCENDIAR A CASA DA EX-COMPANHEIRA EM ÁGUA CLARA

A Polícia Civil, com apoio da Polícia Militar, prendeu em flagrante um homem de 39 anos, suspeito de atear fogo na casa da ex-companheira, de 43 anos, em Água Clara.
Segundo consta, o casal teve um relacionamento conturbado, com idas e vindas, sendo que a vítima relatou diversas situações de violência doméstica no percurso.

Há aproximadamente 3 dias, a vítima teria terminado o relacionamento, contudo o suspeito não teria aceitado, passando a persegui-la e incomodá-la.
Na data de 19 de fevereiro de 2022, por volta das 8 horas, o suspeito teria ido até a casa de uma das filhas da vítima, onde ela própria estava, e exigido acesso à casa do ex-casal para pegar pertencentes, o que foi negado, momento em que disse que iria atear fogo na casa dela.
No mesmo dia, por volta das 22 horas, o suspeito teria ido até a casa da vítima, arrombado a porta e levado diversos pertences dele.
No dia seguinte, por volta das 10 horas, o suspeito, aproveitando a ausência da vítima, que estaria num rio com a família, teria incendiado a residência dela.


A vítima e as filhas dela disseram que o suspeito ameaçou, em várias oportunidades, destruir a casa em questão, vezes dizendo que iria passar com uma máquina por cima, vezes dizendo que iria colocar fogo.
Assim que a equipe tomou conhecimento dos fatos, acionou a perícia e iniciou diligências para localizar o autor, em conjunto com a Polícia Militar.
Após diligências ininterruptas, as equipes lograram êxito em capturar o autor na casa de sua mãe, por volta das 16 horas, sendo preso em flagrante pelo crime de incêndio qualificado, praticado no contexto de violência doméstica.
O autuado também irá responder pelos crimes de violação de domicílio e dano.