Pecuarista escapa ilesa de capotagem com caminhonete na BR-262

Pecuarista de 63 anos, que pediu para não ser identificada, saiu ilesa de capotagem envolvendo a caminhonete L200 que conduzia, na manhã desta terça-feira (26), na saída para Três Lagoas, em Campo Grande. O veículo parou em área de vegetação com as quatro rodas para cima.

Segundo a mulher, seguia para a sua fazenda em Jaraguari, quando percebeu que a caminhonete estava desestabilizada. “Ultrapassei um caminhão e ao voltar para a pista, a caminhonete desestabilizou de uma vez e capotou”, contou. Ela, então, tirou o cinto de segurança e saiu pelo vidro da janela que havia quebrado.

Continua após publicidade 

MUNDO DAS TINTAS O NOME FORTE EM TINTAS.
VENHAM CONFERIR AV. ROSARIO CONGRO N. 2543 PROXIMO AO NATELHA CUPIM OU LIGUE 67 99264-6375

A pecuarista levava material de construção para terminar uma obra na propriedade. Dentro do veículo, havia pisos, latas de tintas e cimento. As latas de tinta abriram e mancharam a caminhonete. “Ontem, eu cheguei a mandar um áudio para o meu esposo dizendo que a caminhonete estava desestabilizada, com a parte de trás pesada. Com o material de construção, pode ter pesado ainda mais.”

Ela contou ainda que a caminhonete está clonada e já registrou dois boletins de ocorrência para tentar resolver o problema. “Já chegaram três multas pra mim. Esses dias me ligaram informando que a caminhonete havia sido apreendida com droga. Eles [a polícia] ainda não descobriram quem clonou. O carro clonado é o mesmo modelo da caminhonete, mas de outro ano”, contou. A L200 não tem seguro.

Fonte: Campo Grande News