Pais de 30 e 23 anos podem ter sufocado bebê até a morte: ‘dormia na mesma cama’

Os pais de 30 e 23 anos da bebê de dois meses, morta nesta sexta-feira (5) podem ter sufocado a criança até a morte enquanto dormiam. A Polícia afirma que o sufocamento pode ter ocorrido porque os três estavam na mesma cama.

Conforme o Dourados News, a mãe de 23 anos e o pai de 30 anos informaram que a criança dormia na cama com eles,  quando o fato ocorreu ao início desta manhã.

A mulher informou que levantou às 5h30 para ir ao banheiro e ao retornar foi trocar a fralda da menina, momento que notou que ela não interagia. A mãe disse que ficou desesperada e acionou o Corpo de Bombeiros.

A equipe realizou massagem cardíaca na criança, que não possuía sinais vitais, mas sem sucesso.

Equipe do Samu (Serviço de Atendimento Móvel de Urgência) foi acionada para prestar apoio ao caso.

O casal foi indiciado por homicídio culposo, quando não há intenção de matar.

O jovem e a mulher devem ser liberados pela polícia assim que acabarem de prestar os esclarecimentos devidos

 

 

(*) top midia news