Paciente denuncia abandono de casal de idosos em Centro Regional de Saúde

O funileiro Pablo Robert Pereira de 46 anos, paciente que esteve internado com um casal de idosos no CRS (Centro Regional De Saúde ) do Bairro Coophavila II, procurou o Campo Grande News nesta quinta-feira (30), para denunciar o abandono que os idosos têm sofrido por parte da família.

Segundo ele, a mulher de 75 anos e o esposo de 76, foram deixados na unidade em maio, e de lá para cá, ficaram completamente desamparados pelos filhos. “Uma sobrinha responsável por receber a aposentadoria vai lá todos os dias, deixa a marmita e vai embora, só aparece para entregar o almoço, depois some”, comenta Pablo.

O homem conta ainda, que só decidiu denunciar o caso porque se comoveu com o “grito de socorro” do idoso. “Depois que entraram lá, logo receberam alta, mas a família não quis levá-los para casa. Eu só mandei para vocês, porque ele me pediu ajuda chorando”, afirma.

A reportagem entrou em contato com a Sesau (Secretaria Municipal de Saúde Pública), que confirmou a negligência dos filhos e familiares para com os idosos. Por meio da assessoria, a Secretaria afirma que devido as tentivas de contato com os responsáveis sem qualquer retorno, foi necessário acionar o Poder Público para tomar medidas cabíveis.

“Realmente eles estão na unidade desde maio, entraram com uma emergência clínica, tiveram alta mas foram ficando por lá. Após a liberação, disseram que não tinham para onde ir, a Secretaria tentou contato com familiares e não teve qualquer sucesso. Por conta desse período prolongado na unidade, a situação acabou sendo encaminhada ao Ministério Público e Defensoria Pública. O idoso evadiu e entrou por demanda espontânea no Hospital Regional. Já a mulher deve ficar lá até que encontremos um lugar para briga-la.

– CREDITO: CAMPO GRANDE NEWS