Mulher tenta matar ex-namorado com disparos de arma de fogo em Três Lagoas

Uma mulher identificada por I.C.L. da S., de 27 anos, é acusada de tentar matar o namorado M.M.C., de 57 anos, na madrugada desta quarta-feira (18) em Três Lagoas.

De acordo com o boletim de ocorrência, a Polícia Militar foi acionada via Copom e se deslocou ao Condomínio Recanto das Paineras, onde segundo testemunhas a autora estaria efetuando disparos de arma de fogo pelo local.

Na portaria, os policiais foram informados que a autora estava brigando com o namorado e estava armada, tendo inclusive efetuado disparos contra a vítima, que conseguiu fugir.

Segundo as testemunhas, neste momento a mulher pegou seu carro, um VW Gol de cor branco e teria andado pelo condomínio, tentando localizá-lo, tendo inclusive efetuado disparos para o alto durante o trajeto e voltado para residência.

continua após publicidade

BECELLI CASA DE CARNES
Rua: Bom Jesus da Lapa, 4079, vila Alegre (esquina com Alba Cândida Pereira)
Fone (67) 99658-6422

No local, a equipe policial encontrou a vítima, que relatou que mantinha um relacionamento amoroso com a autora, porém ao tentar terminar o namoro, a mulher não aceitou.

Segundo M.M.C., a autora foi a sua casa e passaram a discutir, momento em que ela apresentou uma arma de fogo do tipo revólver e disse que o mataria, começando a quebrar os móveis de seu imóvel e o seu carro, uma SW4 de cor preta.

Após destruir parte do veículo, móveis e objetos do local, ela apontou a arma em direção da vítima e efetuou pelo menos dois disparos.

O homem conseguiu fugir e procurar ajuda na portaria, tendo a mulher permanecido no condomínio.

Mediante as informações, os policiais realizaram uma varredura no imóvel que se encontrava aberto e não localizou a autora, sendo constatado os danos na residência e no referido veículo.

Ainda durante a vistoria, a equipe policial encontrou no quarto, próximo ao banheiro, uma perfuração proveniente de disparo de arma de fogo.

No quarto, em uma cômoda, que estava com a gaveta aberta, foi localizado um revólver marca Colts, com capacidade para seis cartuchos, oxidado, cabo de borracha e sem munição.

A arma estava com avarias no tambor, no cano e no cabo, indicando que pode ter sido usado para quebrar os objetos e os móveis segundo os policiais.

A vítima saiu de casa temendo por sua segurança e a autora não foi localizada, consta no registro policial.

O caso foi registrado na Depac (Delegacia de Pronto Atendimento Comunitário) como tentativa de homicídio.

fonte: Hojemais