Mulher foi morta durante assalto na fronteira

Graciela Velazques de 46 anos encontrada morta na tarde desta sexta-feira (22) em Pedro Juan Caballero foi vítima de latrocínio. De acordo com a polícia ela foi atingida por golpes de faca quando trafegava em uma moto por uma estrada vicinal que dá acesso a Colônia Mafussi.

Continua após publicidade

MUNDO DAS TINTAS O NOME FORTE EM TINTAS.
VENHAM CONFERIR AV. ROSARIO CONGRO N. 2543 PROXIMO AO NATELHA CUPIM OU LIGUE 67 99264-6375

De acordo com o médico forense da Polícia Nacional do Paraguai, Marcos Prieto, Graciela tinha ferimentos no rosto, em cima do coração e nas mãos, o que dá a entender que ela tentou se defender do agressor.

No local onde a mulher foi encontrada morta em cima da moto, os policiais e parentes dela deram falta da carteira e do aparelho celular da vítima.

Mesmo com todas a evidencias de roubo seguido de morte, a promotora Reinalda Palácios, disse que nenhuma possibilidade está descartada e que as investigações devem ficar a cargo da delegacia do do Jardim Aurora em Pedro Juan Caballero. Câmeras de segurança das proximidades e da rodovia PY 05 que dá acesso ao local onde o corpo foi localizado por populares estão sendo checadas em buscas de pistas.

Graciela voltava do trabalho quando foi assassinada e o corpo foi reconhecido por um de seus irmãos.

Fonte: Ms em foco