Mulher é esfaqueada dentro do carro e namorado força abraço ao ver a polícia

Na madrugada desta sexta-feira (10), mulher de 29 anos foi vítima de esfaqueamento em Campo Grande, dentro do carro, na Travessa Urves, região do Jardim Petrópolis. Ela e o namorado, de 36 anos, voltavam de uma festa quando aconteceu a briga.

Testemunhas perceberam o casal brigando dentro do veículo, que estava parado, e acionaram a Polícia Militar. Quando os policiais chegaram, encontraram o casal abraçado, mas segundo a jovem o abraço foi ‘forçado’ pelo suspeito, para simular que eles estavam bem.

Os policiais perceberam a vítima esfaqueada, com ferimentos na mão e na cabeça e ela foi socorrida para uma UPA (Unidade de Pronto Atendimento). O homem foi preso em flagrante e levado para a Deam (Delegacia Especializada de Atendimento à Mulher), pela lesão corporal qualificada por violência doméstica.

Segundo o suspeito, ele e a namorada começaram a briga por ciúmes, por causa do celular de um deles. Ele confessou que pegou a faca, mas negou a intenção de ferir a namorada. A Polícia Civil ainda vai ouvir a vítima e também aguarda exames de perícia para identificar a gravidade das lesões.

A vítima relatou na Deam que as agressões começaram após o namorado pedir para ver as mensagens do celular dela e ela se negar. Além disso, as agressões só pararam quando a Polícia Militar chegou ao local. O caso pode ser alterado para tentativa de feminicídio.

(*) RADÍO CAÇULA