Mulher baleada quatro vezes pelo ex-marido em Costa Rica fica paraplégica

Mulher de 37 anos ficou paraplégica, após ser baleada pelo marido, na noite desta terça-feira (28), em Costa Rica. Um dos quatro tiros atingiu a coluna cervical da vítima.

O diagnóstico foi dado pela equipe médica da Santa Casa, para onde a vítima foi levada depois do crime. Segundo o hospital, assim que deu entrada, a paciente passou por uma cirurgia de laparotomia exploradora. Também foi avaliada pela neurologia que, através de exames de imagem, constatou a paraplegia.

Os tiros, diz o boletim médico, acertaram a parte direita das costas, ombro esquerdo – com entrada e saída da munição – e a região cervical – com entrada e saída do projétil. Ainda segundo o hospital, por volta das 10h desta quarta-feira, a mulher passava por cirurgia no setor de urologia e equipe da cirurgia-geral.

 

Crime

O criminoso, de 49 anos, invadiu a casa da ex-mulher e atirou quatro vezes contra ela.

Segundo a apuração, o agressor ficou de tocaia perto da residência, por volta das 23h, quando viu que ela chegou à residência de carro, na companhia de uma amiga.

O bandido foi até o carro e tirou a amiga da mulher, que estava no banco do passageiro. Na sequência,  atirou na ex e fugiu em seguida.

A amiga da vítima acionou a polícia, que fez rondas, até encontrar o agressor deitado às margens do Rio Sucuriú, com um tiro na cabeça. Ele foi hospitalizado.

Alerta

O ex-marido já tinha sido preso em 11 de abril, em flagrante, após agredir e ameaçar a ex-esposa, mas foi solto no dia 13.

 

 

(*) top mídia News