Morador de Três Lagoas registra crime ambiental em rios da região

Um morador de Três Lagoas-MS e praticante do Remo, frequentador assíduo dos os rios Sucuriu e Paraná, enviou imagens ao ArapuáNews relatando um crime ambiental que vem acontecendo há vinte dias.

Há mais de 20 dias tenho notado uma nova situação nos rios, que praticamente tinha águas limpas e cristalinas, foi tomado por uma espuma em toda sua extensão, que parece um produto químico, um rejeito que provavelmente está sendo despejado nos rios de forma irregular. Uma ampla extensão do rio, vem sendo tomado por uma espuma gosmenta, que se inicia próximo ao balneário municipal até a região da Usina Hidrelétrica de Jupiá, cruzando o rio Sucuriú e entrando no Rio Paraná, coisa que não existia até então, relata o morador.

Frequentador do rio há mais de dois anos, “eu nunca tinha visto isso. Um problema ambiental sério, que pode colocar as pessoas que usam o balneário municipal em risco, por que não se saber, a agressividade do produto, que pode ser prejudicial a saúde humana e animal. E principalmente de quem consomem peixes dos rios, uma situação que merece a atenção do Imasul e Policia Ambiental, tudo  começou no período de defeso, da impressão que alguém esperou reduzir o movimento de pesca para soltar esse produto ”, explica o morador e esportista.

(*) ARAPÚA NEWS