Militar do Exército mata a mãe e esfaqueia o irmão dentro de casa em MS

Maria do Carmo Brasil Nolasco, de 72 anos, foi assassinada na noite desta terça-feira (7) pelo próprio filho, Edilson Donato Nolasco, de 51 anos, no Bairro Coophatrabalho, em Campo Grande (MS). O autor também esfaqueou o irmão, Enilson Donato Nolasco, de 45 anos, que foi levado em estado gravíssimo pelo Corpo de Bombeiros Militar para atendimento médico na Santa Casa.

Militar do Exército aposentado, Edilson esfaqueou a mãe na sala da casa onde ela vivia. De acordo com o boletim de ocorrência, Maria do Carmo foi encontrada deitada em posição de lado sem sinais vitais, toda ensanguentada, sendo vítima de feminicídio com lesões causadas por arma branca no pescoço e peito.

Edilson também esfaqueou o irmão no pescoço e costas. A polícia foi acionada por uma vizinha, que mora em frente à residência, depois que o Enilson pediu socorro, todo ensanguentado, contando que a mãe havia sido morta pelo próprio irmão.

Segundo relatos, os vizinhos escutaram barulho de objetos quebrando e de discussão dentro da casa da família no momento do homicídio. O autor do crime tentou fugir, mas acabou sendo preso na Avenida Presidente Vargas por equipes do Batalhão de Choque.

Com ferimentos pelo corpo, possivelmente por entrar em luta corporal com o irmão, Edilson foi encaminhado sob escolta para a Santa Casa de Campo Grande, onde está sob observação médica.

Equipes da Delegacia Especializada de Atendimento à Mulher (Deam) foram à residência, bem como Perícia, o caso é tratado como feminicídio e tentativa de homicídio.

(*) G1 MATO GROSSO DO SUL