Menina de 10 anos abusada pelo avô está grávida de 7 meses

A criança de 10 anos que foi vítima de abuso sexual, em Araxá (minas gerais), está grávida de 7 meses. A informação foi divulgada pela Delegada da Polícia Civil, responsável pelas investigações, Paula Lobo Rios Dib, em entrevista ao MG1 nesta segunda-feira (4).
Ainda segundo a delegada, o avô da criança confessou a autoria dos abusos e deu detalhes do crime ao ser ouvido na delegacia. Ele está preso preventivamente desde a último sexta (1º).

Após o caso ter sido levado para a Policia Civil, a criança foi encaminhada para o Hospital Santa Casa de Misericórdia para realização de exames médicos. A delegada disse ainda que a vítima e a família estão recebendo assistência de órgãos de proteção do Município.

“A criança está muito abalada com a situação. Tendo em vista que a gravidez promove muitas mudanças incompatíveis para uma criança de 10 anos. Ela foi encaminhada para os atendimentos psicológicos, foi feita toda a parte protetiva e encaminhamento para o Ministério Publico, também para ver a questão da criança, que depende da vontade da família a possibilidade de entrega legal”, explicou.

Abusos
O caso está sendo investigado na Delegacia de Orientação e Proteção à Família. A vítima era abusada sexualmente pelo avô materno há cerca de 1 ano. No entanto, a situação só foi percebida pela família com a gravidez da criança.

“A mãe da criança percebeu as mudanças de humor dela, mudanças comportamentais e no corpo porque a barriga estava aparente. Desconfiando de gravidez, fizeram um teste de farmácia e descobriram que ela está grávida. Neste momento ela [ criança] relatou que o pai do bebê e autor da violência sexual era o avó, com quem ela era deixada para a mãe trabalhar e tinha convivência próxima há 1 ano”, relatou a delegada.

Prisão
Paula contou também que durante o depoimento, o homem de 52 anos, confirmou que abusava da neta.

“Ele confessou o crime com total frieza, revelando detalhes de como aconteceu, acreditando até na naturalidade do comportamento dele de violentar a própria neta”, destacou Paula.
O homem foi preso e encaminhado para o presídio de Araxá.

(*) Fonte G1 Minas Gerais