Menina atropelada por carro deixa hospital e Bombeiros alertam: ‘não mexam em vítimas’

Menina de oito anos, atropelada por um carro, na manhã de quinta-feira (7), no Jardim Monumento, já está de alta, em Campo Grande. Na hora do socorro, a vítima foi retirada do local do acidente, o que é contraindicado pelos profissionais do resgate.

Veja o exato momento do atropelamento ao final da matéria.

Primeiramente a garota foi socorrida até a UPA Coronel Antonino. Segundo a Secretaria Municipal de Saúde, a Sesau, ela ficou em observação, mas dependia de exames complementares.

Ainda na tarde desta quarta-feira, a criança foi levada para a Santa Casa, onde fez exames laboratoriais e de imagem. Ela também foi avaliada pela equipe de neurologia, recebendo alta na manhã desta quinta-feira.

continua após publicidade

OFICINA DA PIZZA
Rua João Dantas Figueira, 1107
Delivery (67) 99135-6765

Cuidados

A menina saiu de casa e atravessou a rua sem olhar para os lados. O motorista de um Renaut/Logan não conseguiu parar e atropelou a garota, que foi lançada a vários metros de distância.

Ainda segundo a apuração, o motorista ficou no local, junto do passageiro, e estava bastante assustado.

O que chamou a atenção na ocorrência, é que uma vizinha, ao ver o acidente, pegou a criança no colo e a levou para uma calçada.

Na sequência, uma moradora próxima, que fez curso de técnica de enfermagem, parou para ajudar.

“Eu cheguei e já tinham removido ela do local do acidente. Eu só imobilizei ela, fiz os procedimentos primários e fiquei segurando a cabeça dela e conversando com ela. Ela estava consciente e orientada, mas com muita dor.

Alerta

O Corpo de Bombeiros Militares de MS destaca o que fazer, quando algum cidadão se deparar com uma vítima de acidente.

O que pode

A Corporação destacou os pontos mais importantes:

1-    Sinalizar o local do acidente, por exemplo no trânsito, para que outro não aconteça.

2-    Em seguida, é preciso ligar para o socorro (Bombeiros é 193 e Samu 192) e dar detalhes do estado de saúde do paciente. Neste caso, é importante detalhar qual membro da vítima sofreu ferimento e, sobretudo, se a pessoa está consciente ou inconsciente.

3-     Informar aos atendentes se há vazamentos de combustíveis ou qualquer outro produto que possa causar danos ou explosões.

4-    Outro ponto importante é ajudar a vítima a se manter consciente, por isso é preciso conversar e fazer perguntas para a vítima.

5-    No entanto, os militares alertam que, se houver risco de explosão, é preciso se afastar do local do sinistro.

publicidade

MUNDO DAS TINTAS O NOME FORTE EM TINTAS.
VENHAM CONFERIR AV. ROSARIO CONGRO N. 2543 PROXIMO AO NATELHA CUPIM OU LIGUE 99295.1780

O que não fazer 

1-    Não encoste e nem movimente a vítima, pois ela pode não apresentar ferimentos visíveis, mas talvez tenha algum problema interno que, com mínima movimentação, será agravado.

2-    O único caso no qual é permitido encostar na vítima é se ela estiver com dificuldades para respirar, devido ao cinto de segurança. Solte-o, mas sem mover o corpo.

3-    Em caso de perda de sangue, o aconselhável é realizar pressão direta no local do ferimento. A aplicação de torniquete deve ser realizada apenas por um socorrista treinado. Preocupe-se em deixar a vítima confortável, consciente e aguarde o resgate chegar.

4-    Evitar aglomeração de pessoas ao redor da vítima. Isso facilita o socorro.

Assista o vídeo clicando aqui.

Fonte: Top Midia News