Jornais ignoram denúncias de corrupção, mas ficam “chocados” com dança de vereador

Os sites, jornais e outros meios de comunicação de Campo Grande ficaram “chocados” com a dancinha do vereador Tiago Vargas (PSD) no plenário da Câmara Municipal. No entanto, a maioria absoluta dos meios de comunicação ignora as denúncias de corrupção feitas pelo parlamentar, inclusive quando ele repercutiu a manutenção do bloqueio de R$ 277,5 milhões da família do governador Reinaldo Azambuja (PSDB) pelo Superior Tribunal de Justiça.

A importância dada pelos jornais e pela sociedade revela muito sobre o futuro que estamos construindo em Mato Grosso do Sul. O primeiro passo para se construir um Estado desenvolvido, com ética, desenvolvimento social, probidade no trato com a coisa pública e no combate sem tréguas à corrupção começa no dia a dia.

“Fico até perplexo com as pessoas preocupadas com o vídeo de um vereador dançando”, ressaltou o parlamentar, espantado com a repercussão da gravação nos meios de comunicação. “Com tantas coisas mais importantes, como as denúncias de corrupção contra o governador Reinaldo Azambuja, dar importância a uma dança”, lamentou.

“Dançar não ofende as pessoas em nada, prefiro ser dançarino do que ser um vereador corrupto”, frisou, após a repercussão. Na postagem, Vargas diz que vai atender a pedidos. Ele já tinha dançado e feito “sucesso”, assim como a vereadora Camila Jara (PT). Aliás, os dois são jovens e estrearam no legislativo neste ano.

“Atendendo pedidos; e o #sextounogabinete dessa semana tráz (?) o novo #hit do Brasil com Israel e Rodolfo em parceria com Kevinho #QuemPerdeuQueChore”, postou Tiago, escorregando feio no português.

Nas redes sociais, muitos eleitores apoiaram a performance do vereador descer até o chão rebolando. “Você dança muito bem com direito a coreografia e tudo”, elogiou Adriana Marques. “Essa decida tá esquisito”, brincou Peter Vanuza.

“Sextou huhuhu vc e demais sextou bom diaaa Tiago nosso vereador querido”, comentou Geisiane da Slva. “Tiago Vargas pode continuar dançando nas sextas, o importante k vc tá mostrando serviços nos outros dias, seja feliz vereador”, elogiou Maria Olegário. “LINDEZA GENTE!!! ALÉM DE ÓTIMO POLITICO…AINDA Q MUITO NOVO… DANÇA QUE É UMA MARAVILHA!!”, endossou outra fã, Maria do Carmo Mesquita. Outros exageraram na qualificação do vereador. “Mais um mito”, comentou Jonas Dérik.

Outros lamentaram a performance do parlamentar em dançar no plenário. “Será q perdi o meu voto”, lamentou Leovani Morais. O parlamentar respondeu ao eleitor na mesma postagem. “Te garanto que não!!!! Teria perdido seu voto se eu me tornasse um político ladrão. Já sobre dançar ou não todas as sextas-feiras irei continuar dançando, não irei mudar por conta de um cargo político. Fique com Deus”, comentou Vargas.

Outra comentou a dança e os problemas de saúde na Capital. “O povo só fala da dança do cara esquecem que o cara é como qualquer outro ser humano tem liberada para fazer o que quiser independente que seja um político. Agora será que alguém prestou atenção na placa azul que encontra-se no fundo da gravação? Pois é se não prestou poderiam observar melhor as coisas, como podem ter coragem de fazer um apelo desse para população se o SUS nunca tem vaga pra nada e quando vc entra numa fila de espera por um exame ou vc tira da boca e faz particular para resolver seu problema ou quando chega a vez da pessoa ou não tem mais jeito ou já morreu. É isso que o povo tem que cobrar e não ficar falando que o cara dança”, criticou Ariane Novaes.

“Quem votou nesse que sofraaaa 🎶 não faz nada pela população ✌”, detonou Cleyton Braz.

Teve jornal, que ignoras as denúncias de corrupção envolvendo políticos sul-mato-grossenses, indignado com a quebra de decoro por dançar no plenário da Câmara Municipal.

(*) O Jacaré