Governo de MS reforça armamento com mais 440 pistolas para militares e civis

A Polícia Militar e Civil deve receber em breve novos armamentos para combater a criminalidade e garantir a sua segurança no dia-a-dia com a compra de 440 pistolas feitas pelo Governo de Mato Grosso do Sul, através da Sejusp (Secretaria de Estado de Justiça e Segurança Pública).

Para os policiais, as Berettas APX calibre 9x19mm, importadas da Itália, serão entregues ainda este ano.

O investimento é de mais de R$ 960 mil em recursos provenientes de convênio com o Ministério da Justiça e Segurança Pública, via Senasp (Secretaria Nacional de Segurança Pública), para adquirir as novas armas.

Assinado pelo secretário da Sejusp, Antonio Carlos Videira, o extrato do convênio firmado com a italiana Fábrica D’Armi Pietro Beretta S.P.A. para aquisição das novas pistolas, foi publicado no Diário Oficial do Estado (DOE) desta quarta-feira.

As novas armas serão entregues para policiais lotados em companhias, batalhões e pelotões da Polícia Militar em todo o estado, para o Garras (Grupo Armado de Repressão a Roubos a Bancos, Assaltos e Sequestros), para o Bope, Choque e DOF (Departamento de Operações de Fronteira).

A intenção do governo é entregar pelo menos 2.500 novas pistolas neste ano. Porém, os investimentos ainda mostram que poderão ser entregues outros 3 mil armamentos, entre pistolas e fuzis até o final de 2022.

“O objetivo é entregar armas de última geração para os policiais de Mato Grosso do Sul, principalmente os que atuam na região de fronteira”, garante Videira.

No início deste mês, a Secretaria de Segurança anunciou a compra de 560 pistolas Beretta, com recursos próprios do Governo do Estado, que somadas a esta aquisição de 440, publicada hoje, totaliza 1.000 armas já adquiridas para aparelhar e fortalecer as polícias de Mato Grosso do SulA Polícia Militar e Civil deve receber em breve novos armamentos para combater a criminalidade e garantir a sua segurança no dia-a-dia com a compra de 440 pistolas feitas pelo Governo de Mato Grosso do Sul, através da Sejusp (Secretaria de Estado de Justiça e Segurança Pública).

Para os policiais, as Berettas APX calibre 9x19mm, importadas da Itália, serão entregues ainda este ano.

O investimento é de mais de R$ 960 mil em recursos provenientes de convênio com o Ministério da Justiça e Segurança Pública, via Senasp (Secretaria Nacional de Segurança Pública), para adquirir as novas armas.

Assinado pelo secretário da Sejusp, Antonio Carlos Videira, o extrato do convênio firmado com a italiana Fábrica D’Armi Pietro Beretta S.P.A. para aquisição das novas pistolas, foi publicado no Diário Oficial do Estado (DOE) desta quarta-feira.

As novas armas serão entregues para policiais lotados em companhias, batalhões e pelotões da Polícia Militar em todo o estado, para o Garras (Grupo Armado de Repressão a Roubos a Bancos, Assaltos e Sequestros), para o Bope, Choque e DOF (Departamento de Operações de Fronteira).

A intenção do governo é entregar pelo menos 2.500 novas pistolas neste ano. Porém, os investimentos ainda mostram que poderão ser entregues outros 3 mil armamentos, entre pistolas e fuzis até o final de 2022.

“O objetivo é entregar armas de última geração para os policiais de Mato Grosso do Sul, principalmente os que atuam na região de fronteira”, garante Videira.

No início deste mês, a Secretaria de Segurança anunciou a compra de 560 pistolas Beretta, com recursos próprios do Governo do Estado, que somadas a esta aquisição de 440, publicada hoje, totaliza 1.000 armas já adquiridas para aparelhar e fortalecer as polícias de Mato Grosso do Sul

(*) TOP MÍDIA NEWS