Funcionário de Caps é denunciado por importunar sexualmente colega no horário de descanso

Assistente social que fazia plantão no Caps (Centro de Atenção Psicossocial) do Aero Rancho no domingo (12) procurou a Polícia Civil para denunciar um funcionário. Ela foi importunada sexualmente pelo homem, durante o horário de descanso.

Segundo relato da vítima, ela foi até a sala de descanso, onde há camas para os funcionários. Deitada, ela percebeu o homem na cama ao lado, que começou a puxar conversa e chegou a questionar se a mulher era casada ou solteira.

Em determinado momento, o suspeito de 27 anos perguntou para a vítima se ela não queria deitar ao lado dele, já que a cama dela estava sem lenço. A mulher foi ríspida e disse que não, para que o autor parasse de incomodar.

Logo em seguida, ele tirou as roupas e começou a se masturbar na frente da vítima, que o relatou o caso para funcionárias do Caps. As mulheres contaram que ela já era a sexta vítima do funcionário e que o caso inclusive foi relatado para a gerência, mas nada foi feito.

O homem conseguiu o telefone da vítima e mandou mensagens pedindo desculpa pelo ocorrido. A mulher procurou a Deam (Delegacia Especializada de Atendimento à Mulher) e o suspeito foi denunciado por importunação sexual.

(*) MIDIAMAX