Federal mira distribuidor de notas falsas em cidades de MS e deflagra operação

Morador de Três Lagoas, cidade distante cerca de 338 quilômetros de Campo Grande, está na mira da “Operação Nummus Baro”, deflagrada nesta quarta-feira (27), pela PFMS (Polícia Federal de Mato Grosso do Sul), que investiga distribuição de notas falsas em cidades do Estado.

Para contribuir com a apuração policial, a PF cumpriu um mandado de busca e apreensão nesta manhã. Na casa do investigado, foram apreendidos aparelhos celulares, bem como documentos com anotações, indicando que ele realmente comercializava cédulas falsas por meio da internet.

continua após publicidade

Com a nossa conexão você sempre estará on-line.
Assine, aproveite, viva uma conexão melhor todos os dias!

Segundo a Polícia Federal, o suspeito foi levado para a delegacia, ouvido e liberado. Os objetos apreendidos passarão por exames periciais e análise da equipe de investigação. Em caso de indiciamento, ele poderá responder pelo crime de moeda falsa, com pena privativa de liberdade de até 12 anos de reclusão.

Investigação – A investigação começou após diversas apreensões de cédulas falsas em outros municípios de Mato Grosso do Sul, indicando que o morador de Três Lagoas seria o responsável por distribuir as cédulas.

Fonte: Campo Grande News