“Ela estava indo fazer a última entrega”, diz filho de motociclista morta na Capital

Após perder a mãe, Rosa Maria Figueiredo Ferreira de 41 anos, em um acidente de trânsito na madrugada desta quinta-feira (31), em Campo Grande, Thiago contou ao JD1 Notícias que ela seguia para fazer a ultima entrega da empresa que os dois tinham juntos.

“Ficamos sem motoentregador na noite de ontem, então a minha mãe estava montando os pedidos de açaí que recebíamos e também saindo para entregar. O delivery estava para fazer três anos, tínhamos o sonho de expandir o negócio, adicionando lanches, afinal buscamos ter uma vida melhor”, explicou.

Rosa Maria seguia para fazer a sua última entrega quando o acidente aconteceu. “O último pedido chegou às 2h da manhã e na ida isso aconteceu. Ela estava completamente dedicada à nossa empresa”.

Durante a conversa com a nossa reportagem, Thiago ainda pediu para quem trabalha com entrega se cuidar. “É preciso tomar cuidar. Evitar os loucos e não serem os loucos. É preciso preservar a sua vida e a do próximo”, disse.

Continua após publicidade 

Fabiano Multas, na defesa do seu direito de dirigir 🚙
📲(67)99337-7735 ou (67)99866-9338
📩[email protected]

O caso – A motociclista Rosa Maria Figueiredo Ferreira de 41 anos, em um acidente de trânsito na madrugada desta quinta-feira (31), em Campo Grande. Fazendo entregas, ela seguia para deixar um pedido quando a colisão aconteceu.

O motorista do carro, Enelton Fernandes de Andrade Junior, 20 anos, não teria respeitado a sinalização de trânsito e furou o sinal vermelho, atropelando a motociclista.

Enelton passou por teste do bafômetro, que constatou embriaguez. Durante o registro do boletim de ocorrência, ele confirmou que tomou tequila antes de dirigir. O autor foi preso em flagrante.

Fonte: Jd1 Notícias