Dona de conveniência se nega a vender bebida e homem ameaça: ‘Sou do PCC e vou te matar’

Um homem de 25 anos causou uma confusão em uma conveniência, na madrugada desta quinta-feira (9), no Bairro Monte Castelo, em Campo Grande. O suspeito brigou com a polícia e ainda ameaçou a dona do comércio dizendo que seria integrante da facção criminosa, PCC (Primeiro Comando da Capital).

De acordo com o boletim de ocorrência, os policiais foram acionados e quando chegaram ao local encontraram o suposto autor visivelmente embriagado. Os militares tentaram realizar uma abordagem, mas o suspeito se ajoelhou e começou a gritar, dificultando o trabalho da polícia.

A dona do estabelecimento contou que o homem passou ofender os clientes da conveniência, momento que a mulher disse que não venderia mais bebidas alcoólicas para o suspeito. O suposto autor teria ficado revoltado e ameaçou dizendo: “Sou do PCC e vou te matar”.

Com medo, os proprietários da conveniência acionaram a polícia que conseguiu prender o suspeito, mesmo ele resistindo a prisão. O caso foi registrado na Depac (Delegacia de Pronto Atendimento Comunitário) do Centro.

(*) MIDIAMAX