Diretor-presidente da Sanesul fala sobre a universalização do esgotamento sanitário em MS

Na manhã desta sexta-feira (10) o programa Linha Direta com a Notícia teve como entrevistados o diretor-presidente da Sanesul (Empresa de Saneamento de Mato Grosso do Sul), Walter Carneiro Júnior e Diretor Regional da Sanesul, Adilson Bahia. Ambos falaram sobre o momento de transformação que o estado vive com a consolidação do projeto público-privado na universalização do esgotamento sanitário.

O diretor-presidente destacou que enquanto a maioria dos estados brasileiros encontra dificuldades para atingir o cumprimento das metas estabelecidas pela legislação no setor de saneamento básico, o processo de universalização do esgotamento sanitário avança em todo o estado de Mato Grosso do Sul. “Estamos nessa fase de consolidação. Temos investimentos previstos de R$ 1 bilhão para este projeto”.

Ele também destacou que “a qualidade do saneamento básico interfere diretamente na qualidade de vida das pessoas e o papel do poder público é fundamental, juntamente com a participação da iniciativa privada, visando o cumprimento das metas estabelecidas para a universalização do esgotamento sanitário em MS”

O Diretor Regional Adilson Bahia destacou que atualmente Três Lagoas possui 51 mil ligações de água e 41 mil ligações de esgoto. Ele também chamou atenção para um dos principais problemas enfrentados atualmente em Três Lagoas, o furto de fiação elétrica das subestações de tratamento, que vem causando transtorno e prejuízos para a empresa.

(*) RADÍO CAÇULA