Corpo encontrado após queda de avião em alto mar é de piloto corumbaense

O corpo encontrado em alto mar nesta tarde (25) após a queda de avião bimotor, entre Ubatuba (SP) e Paraty (RJ), é do piloto corumbaense Gustavo Carneiro, 27 anos. O corpo da vítima estava a 16 quilômetros da costa, perto de onde estavam alguns destroços do avião. Leila Reis Calçado, mãe de Gustavo, mora em Corumbá e está a caminho de São Paulo.

O copiloto e dono do avião, José Porfírio de Brito Júnior, de 20 anos, e o tripulante, Sergio Alves Dias Filho, continuam desaparecidos. Sérgio é empresário e tem uma loja de carros blindados no Rio de Janeiro.

As buscas foram encerradas nesta noite, por causa das condições climáticas, mas devem ser retomadas na manhã desta sexta-feira (26), ainda conforme o Jornal da Band.

Viagem – O voo saiu às 19h30 (MS) de quarta-feira (24) de Campinas com destino ao Aeroporto de Jacarepaguá, na Zona Oeste do Rio de Janeiro.

A suspeita é que o avião teve problema em um dos motores e o piloto tentou um pouso forçado, sem sucesso. Apesar de estar em situação regular, a aeronave não tinha autorização para a realização de táxi aéreo, ainda conforme o Jornal da Band.

A Força Aérea Brasileira iniciou as buscas pela aeronave às 04h15 de hoje com um helicóptero H-36 Caracal do 3°/8° GAV.

Foi utilizado óculos de visão noturna para viabilizar as buscas. Os destroços da aeronave desaparecida foram localizados às 06h35.

– CREDITO: CAMPO GRANDE NEWS