Churrasqueira explode e mata três amigos em Curitiba

Três amigos morreram após uma churrasqueira explodir, dentro de uma casa, no bairro Sítio Cercado, em Curitiba, no Paraná. A polícia suspeita que um participante tenha usado gasolina para aumentar a brasa.

Conforme o RIC Mais, amigos faziam uma confraternização na noite de sábado (2), quando o assador explodiu. Seis pessoas foram atingidas pelas chamas e ficaram socorridas pelo corpo de Bombeiros.

Na manhã do dia seguinte à explosão, duas das vítimas, Wemerson Souza, de 26 anos e Gustavo Lucas Castro, de 27 anos, morreram pela manhã, no Hospital Universitário Evangélico Mackenzie. Já Larissa Petz, de 20 anos, morreu horas mais tarde, na mesma unidade, que é referência para queimados.

Uma outra vítima, Willian Silva Benítez, 28 anos, está na UTI em estado grave. O namorado de Larissa foi socorrido com ferimentos, mas recebeu alta.

Ainda segundo o site local, a prima de Larissa, Aline Emelly estava na casa no momento da explosão.

“Na hora do acidente, por sorte, eu tinha acabado de levar o meu celular para carregar, na parte de baixo do sobrado. Foi tudo muito rápido’’, lamentou a jovem.

Seis pessoas foram atingidas pela explosão

Explosão

Segundo o RIC Mais, testemunhas disseram que a festa ocorrida no segundo andar da casa e uma escada em formato de caracol teria dificultado o resgate dos vitimados. Algumas das vítimas foram retiradas pela varanda da residência.

Dos seis atingidos, somente um teve queimaduras leves, segundo o Corpo de Bombeiros.

A Polícia Civil do Paraná instaurou inquérito para apurar o acidente.

(*) Top midia news