Adolescente executa jovem à bala na frente da mãe em Campo Grande

Carlos André Isidio Acosta, de 21 anos, foi executado com tiro à queima-roupa no tórax, na noite desta terça-feira (19), no Bairro Portal Caiobá, em Campo Grande. A mãe de Carlos presenciou o crime e ainda teria gritado para que o suspeito, adolescente de 16 anos, não matasse o rapaz.

Carlos estava na frente da casa, na Rua Gildete Chaves Feijo, quando foi abordado por uma dupla, que chegou ao local em uma motocicleta XT660 de cor escura. O garupa desceu, seguiu em direção à vítima e sacou uma arma de fogo. Em seguida, efetuou um disparo no tórax de Carlos André.

continua após publicidade

MUNDO DAS TINTAS O NOME FORTE EM TINTAS.
VENHAM CONFERIR AV. ROSARIO CONGRO N. 2543 PROXIMO AO NATELHA CUPIM OU LIGUE 99295.1780

Nesse momento, a mãe da vítima saiu na frente da casa e gritou: “Pelo amor de Deus, não mata meu filho”. O suspeito então embarcou na moto e fugiu com o comparsa. Ele foi reconhecido pela mãe de Carlos como sendo “Juninho”, de 16 anos. O comparsa, que conduzia a moto, foi identificado por testemunhas apenas como “Kenedi”.

Carlos foi socorrido pelos familiares e levado para a UPA (Unidade de Pronto Atendimento) do Bairro Coophavila, mas não resistiu e morreu.

A motivação é apurada pela polícia. O GOI (Grupo de Operações e Investigações) esteve no local e levantou que Carlos André e Juninho seriam comparsas em crimes. Após desavenças, Juninho teria feito ameaças de morte, inclusive, passando em frente à residência de Carlos para intimidá-lo.

O caso foi registrado como homicídio na Depac (Delegacia de Pronto Atendimento Comunitário) do Cepol (Centro Integrado de Polícia Especializada).

Fonte: Campo Grande News