Acusados de sequestrar e matar dupla de facção rival são presos pela Polícia em Três Lagoas.

Cinco homens envolvidos no sequestro e assassinato de dois homens, em Três Lagoas, no início de outubro, foram presos pela Polícia Civil nessa quarta-feira (17), após intensa investigação para localizar os envolvidos.

Outros cinco homens já haviam sido presos anteriormente. Nesse momento, foram presos o responsável pelo terreno onde as vítimas foram executadas, o responsável pela desova dos corpos, um dos executores.

Além dos homens, foram presos dois adolescentes acusados de estarem envolvidos no caso.

O veículo utilizado no crime também foi apreendido e seguirá para perícia.

O CRIME
Os corpos de duas pessoas foram encontrados em uma plantação de eucalipto na cidade de Três Lagoas, na BR-262, saída para Brasilândia.

A suspeita é que as vítimas sejam as pessoas mantidas reféns em um cativeiro por membros de uma organização criminosa que atua com frequência em Mato Grosso do Sul.

A Polícia Militar tomou conhecimento de que duas pessoas eram mantidas em cárcere privado, após uma terceira vítima conseguir escapar do cativeiro e buscar ajuda em uma UPA na região da Vila São João, em Três Lagoas.

A Polícia Civil, após diligências nesta semana, conseguiu prender dois integrantes da facção criminosa que estavam envolvidos no crime. Um terceiro integrante foi preso, mas não quis detalhar sobre o paradeiro das vítimas.

Mas após vasculhar as áreas, a polícia encontrou os corpos na plantação que fica atrás de um posto de combustível, na rodovia BR-262.

(*)TOPMÍDIA NEWS.