Acusado de matar jovem com 10 facadas no Tijuca estava evadido de presídio

Identificado como um rapaz de 23 anos, o autor do homicídio de Eduardo Pereira de Souza, 20 anos, estava evadido da Gameleira. O irmão também estava evadido e pode ter ajudado no crime, que aconteceu na tarde do dia 8, no Tijuca.

Conforme o delegado João Reis Belo, titular da 6ª Delegacia, foram localizadas as imagens da fuga dos irmãos em diligências no dia do crime. Os dois têm várias passagens, por tráfico de drogas e roubo, e ainda não foram encontrados.

A princípio, o crime teria ocorrido por dívidas de crimes que os envolvidos teriam cometido juntos. Foi confirmado ainda que Eduardo tinha participação no roubo de veículos e que também tinha passagens pela polícia. Ele usava uma tornozeleira eletrônica no dia em que foi assassinado.

Eduardo foi morto com ao menos 10 facadas, no peito, pescoço, costas, testa e braço. A tia da vítima acredita que a morte do rapaz realmente foi causada por alguma rixa antiga. “Como aprontou muito, alguém veio se vingar dele”, disse a mulher.

(*) MIDIAMAX